ESTÁDIO JOSÉ CASSIANO


APÓS ANOS DA REALIZAÇÃO DE RODEIO NO ESTÁDIO JOSÉ CASSIANO, A PROMESSA DE REFORMA DO MESMO NÃO FOI CONCLUÍDA.


      Quando o único campo oficial de futebol da cidade de Iporanga, que diga-se de passagem, a muito tempo não é palco de Campeonatos municipais, foi utilizado para realização de “rodeio de montarias”, os atletas tiveram a promessa do prefeito Gulú, que o mesmo seria reformado dentro em breve. O rodeio aconteceu, mas a reforma caminha em passos lentos. Até agora, somente foi reformado parcialmente o alambrado, e apenas há poucos dias foi colocado um único portão em suas dependências, fato preocupante, pois qualquer leigo sabe que em local que abriga grandes números de pessoas há a necessidade de mais de um portão para saída de emergência em caso de tumultuo.  Não podemos nos esquecer de fazer justiça em informar que uma rede de proteção foi colocada no lado da frente do estádio, pois quando a mesma não existia, bolas acidentalmente eram arremessadas na residência de um morador da proximidade que em protesto, as encarcerava, porém, segundo informação, às devolveu logo que a referida rede continua.
No outro lado, ou seja, no fundo do campo, na parte inferior da Rua Antonio Rosa, o problema continua, pois sem a rede de proteção, bolas são chutadas nas residências existentes na referida rua, sem contar o fato de que, para  proteger seu patrimônio,  antigos moradores plantaram árvores espinhentas que furam as bolas quando as atinge.
Uma das proprietárias de casas da referida rua, Dona Nair, diz estar cansada de arcar com os prejuízos causados pela bola que atinge o seu telhado: “na ultima vez que a bola bateu, tive que mandar trocar a telha e arcar com R$ 60,00 (sessenta reais). Disse ainda que fora orientada por alguém para que não devolvesse as bolas, mas ela diz que tem dó dos atletas que têm tão poucas opções de laser na cidade.
Na época que se prometia a reforma, dizia-se que o campo teria uma de suas partes elevada para se nivelar a outra, porém, até agora, isso não aconteceu.

Pensando no direito ao laser dos nossos munícipes, com a intenção apenas de apontar os problemas que são necessários serem resolvidos pela administração local, é que PEDIMOS A COLOCAÇÃO URGENTE DA REDE DE PROTEÇÃO NO LADO DOS FUNDOS DO ESTÁDIO JOSÉ CASSIANO.
Salientamos que todas as reivindicações aqui feitas serão monitoradas e terão novos destaques nos casos de atendimento.

        Por Paulo Sérgio Furquim ( Fotos e Texto ) - Nilton F da Silva ( Edição ) - 28/02/2012
OBS: clique na foto para visualizar em tamanho maior... 













Comentários