Alimentos de merenda escolar de Eldorado vão parar no lixo

Créditos: Reprodução / TV Tribuna
Fotos e reportagem: TV Tribuna.com

Alimentos que seriam utilizados nas merendas escolares em Eldorado, no Vale do Ribeira, foram parar no lixo. Um laudo emitido pela coordenadoria de defesa agropecuária da região, segundo a vigilância sanitária, foi responsável pelo descarte.


Segundo a reportagem publicada no Site da TV TRIBUNA.COM,  , cerca de 300kg de carne, além de outros alimentos, foram inutilizados. De acordo com a coordenadoria, não havia nas embalagens a data de fabricação do lote, data de validade, nem a procedência da mercadoria.

A Secretaria de Educação garante que os estudantes não consumiram nenhum alimento deste lote e que a carne não estava estragada. Só foi descartada por não apresentar o rótulo na embalagem.

"Nós recolhemos em algumas escolas que estavam sendo distribuídas e ficou armazenada no centro de distribuição, onde veio a fiscalização no outro dia", disse Luzia Ferreira, diretora de educação.

Segundo a nutricionista Maria Conceição Martins, apenas algumas embalagens apresentavam rótulo. "Alguns apresentavam rótulos, outros não. Como eles vêm fechados, não foi possível verificar a totalidade desses rótulos".

O departamento jurídico da Prefeitura de Eldorado disse que a empresa que ganhou a licitação para fornecer a mercadoria é de Iporanga, cidade vizinha. E que vai tomar as providências quanto à falta de identificação que provocou o descarte do produto que complementa a merenda escolar na cidade.

O diretor jurídico Cesar Luís Lima explica as providências que a Prefeitura tomará em relação ao caso. "A prefeitura, com a maior brevidade possível, vai encaminhar uma notificação para a empresa suspendendo os efeitos do contrato, até que seja apurado as causas da denúncia. Paralelamente, o poder Executivo vai contratar a título de emergência um outro fornecedor para não deixar a Administração Pública carente deste tipo de prestação de serviço."

A empresa Liamara, responsável pelo fornecimento da carne para a merenda escolar de Eldorado, informou que só vai se manifestar depois de receber a notificação da prefeitura.



Por: Paulo Sérgio Furquim e Nilton F da Silva - 06/04/2012

Comentários