CQC DA BAND EM IPORANGA - PARTE 02



PROBLEMAS SOCIAIS DE IPORANGA VÃO PARAR NO CQC DA BAND, NO QUADRO "PROTESTE JÁ"...

RESUMO DA VISITA DO CQC DA BAND EM IPORANGA

 A equipe do CQC esteve em Iporanga no dia 29 de abril de 2012, onde no quadro Proteste Já, fizeram uma reportagem onde a professora Maria Torres Rubio (Tite) relatou sobre a balsa do Poço Grande que no dia 1 de agosto de 2011 foi arrastada pela enchente que atingiu o Rio Ribeira de Iguape, deixando o povo das comunidades de Pilões, Bento João, Inveja, Sertãozinho e Maria Rosa com extrema dificuldade de acesso.  Levina Franco de Lima reclamou que a falta da balsa dificulta muito para a comunidade principalmente para os alunos, Zeca reclamou que nem prefeito nem vereadores fizeram alguma coisa para resolver o problema. A Senhora Benedita Dias da Costa relatou a dificuldade vivenciada  pelos alunos que muitas vezes chegam atrasados a escola devido a demora na travessia através do barco, que segundo o repórter transporta até 150 usuários. Segundo o repórter a situação mais bizarra foi o transporte de um carro através das canoas (um fuscão dirigido por Diminha). O repórter encarou o desafio de fazer a travessia do rio ribeira dentro do fusquinha em cima das canoas e confessou que estava morrendo de medo e até pediu papel higiênico para o canoeiro. Durante a entrevista uma moradora disse que já aconteceu de o carro que transporta aluno tombar na estrada. “Neguinho Napoleão disse que de 30 dias de aulas os alunos não freqüentam nem 10, O reporte permaneceu com a comunidade e de madrugada acompanhou os alunos Geovane e Taliane em sua ida até a escola. Logo após a equipe de reportagem gravou uma entrevista com o prefeito Ariovaldo da Silva Pereira que ao ser questionado sobre a balsa, respondeu que a balsa estava lá, mas logo se corrigiu e então o Oscar Filho lhe apresentou um documento que firmava o compromisso do mesmo com a solução do problema datado em 16/05/11, se comprometendo em realizar obras de manutenção nas referidas estradas num prazo de quatro meses, e então o mesmo se explicou que o serviço foi feito porem com o tempo se deteriorou, mas se irritou quando uma moradora do bairro Maria Rosa foi chamada pelo ator e humorista micro repórter Oscar Filho para pretextar. Ao vê-la Gulú disse: “Não, é eu que vô dá intrevista?“. Mas foi repreendido pelo reporte que o lembrou: Como ela é uma cidadã, e ela presta seu serviços direito, então eu gostaria de colocar ela para reclamar para o senhor, porque é um papel do senhor pelo menos ouvir um cidadão que tem um problema! Levina disparou: Isso que nosso prefeito acaba de falar é uma... Simplesmente uma palavra querendo enganar novamente, porque a estrada não foi trabalhada nela a partir desta data que esta no documento. E no caso que ele tivesse pego e mandado trabalhar na estrada, eu garanto a vocês que teria que ter  um caminhão preso do outro lado assim como nós. O clima de contradição e constrangimento ficou evidente. A entrevista teve seu desfecho com a promessa de que no dia 17 de junho para que a balsa esteja em pleno funcionamento. Fechado o compromisso, a equipe do CQC prometeu voltar para verificar se o prefeito cumpriu a promessa.


ASSISTA ABAIXO A REPORTAGEM ATRAVÉS  DO CANAL YOUTUBE..




FONTE : http://www.youtube.com/watch?v=FTpGAt2VrBM ( Canal do Douglas97776 )



Por: Paulo Sérgio Furquim ( Fotos e texto )- Nilton F da Silva ( Edição ) - 04/04/2012

Comentários