SEGUNDO SUCEM, IPORANGA E BARRA DO TURVO NÃO SÃO MUNICÍPIOS INFESTADOS PELA DENGUE.

Segundo a SUCEM, o município de Iporanga está atento ao problema, pois os responsáveis pela vigilância sanitária local mantém 12 armadilhas em diferentes pontos da cidade para detectar a presença ou não dos mosquitos da dengue.
     Preocupado com a higienização das escolas em relação à presença de insetos, o supervisor de ensino Paulo Sérgio, recentemente entrou em contato com a SUCEM Superintendência de Controle de Endemias ) com o objetivo de requerer os serviços de dedetização dos prédios escolares, porém, foi informado de que o órgão não poderia atender a solicitação de imediato, devido estar efetuando serviços de nebulização em 15 municípios do Vale do Ribeira em razão dos mesmos, estarem infectados pelos mosquitos da dengue.
      Segundo a SUCEM, o município de Iporanga está atento ao problema, pois os responsáveis pela vigilância sanitária local mantém 12 armadilhas em diferentes pontos da cidade para detectar a presença ou não dos mosquitos da dengue. Informaram ainda que já foram encontrados larvas dos mosquitos Aedes (Stegomyia) aegypti, em alguns ponto do município e que algumas pessoas ainda não se deram conta da gravidade do problema e por  isso pede a ajuda de todos para entrar na luta contra a dengue.
Veja aqui algumas dicas do que você pode fazer para mobilizar a sua família, seus amigos e a sua comunidade.
-Não deixar a água da chuva acumulada sobre a laje.
-Manter o saco de lixo bem fechado e fora do alcance dos animais até o recolhimento pelo serviço de limpeza urbana.
-Manter a caixa d’agua completamente fechada para impedir que vire criadouro do mosquito.
-Manter bem tampados tonéis e barris d’água.
Encher de areia até a borda os pratinhos dos vasos de planta.
-Lavar semanalmente por dentro, com escova e sabão, os tanques utilizados para armazenar água.
-Se você não colocou areia e acumulou água no pratinho de planta, lavá-lo com escova, água  e sabão. Fazer isso uma vez por semana.
-Remover folhas e galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas. -Jogar no lixo todo objeto que possa acumular água, como embalagens usadas, potes, latas, copos, garrafas vazias e etc.
 -Se você tiver vasos de plantas aquáticas, trocar a água e lavar o vaso principalmente por dentro com escova, água e sabão pelo menos uma vez por semana.
-Colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira bem fechada. Não jogue lixo em terrenos baldios.
-Lavar principalmente por dentro, com escova e sabão, os utensílios usados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes, baldes, etc.

                             Maiores informações pelo telefone  (13) 38212927
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

             Por: Nilton F da Silva - 14/03/2013

Iporanga na NET... - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - É PROIBIDO QUALQUER 
TIPO DE REPRODUÇÃO, SEM AUTORIZAÇÃO...SE DESEJAR REPRODUZIR ENTRE EM 
CONTATO : iporangananet@hotmail.com
Copyright 2012 © Iporanga na NET...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção !!! Comentários anônimos não serão publicados..Obrigado !!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...