FESTA DE NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO E SÃO BENEDITO 2017/2018 EM IPORANGA-PARTE RELIGIOSA

FÉ E DEVOÇÃO MARCAM A "PARTE RELIGIOSA" DA FESTA DE NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO E SÃO BENEDITO EM IPORANGA.
    Apesar da grande quantidade de chuva que caiu em Iporanga e região, derrubando barreiras, interditando estradas, transbordando rios, a fé do iporanguense fez que 2017 tivesse um dos melhores Final de Ano.
      Mesmo com o Rio Ribeira de Iguape cheio, chegando a mais de cinco metros acima do nível normal e alagando todo o Porto do Ribeirão de onde partem as canoas para a confecção da “barquinha “ que abrilhanta a Festa de Nossa Senhora do Livramento na tradicional procissão fluvial que a mais de cento e cinquenta anos acontece no dia 31 de dezembro em Iporanga, os católicos local e os iporanguense que moram fora da cidade, mas não veem a hora de voltar pra terrinha no fim de ano, não desanimaram, e torceram para a chuva dar uma trégua, e suas preces foram ouvidas, pois, acabou tudo dando certo, porem, de forma inusitada. A barquinha teve que ancorar  em local que jamais ancorou, no barranco  e com muito esforço dos remeiros.
     A missa foi muito bonita e celebrada pelo bispo emérito da Diocese de Registro Dom José Luiz Bertanha, que como sempre, fez  sua bela homilia, dirigindo a palavras de Deus aos fieis presentes. O Padre Gerson o acompanhou na celebração.
Mas, a festa teve inicio no dia 28 com a carreata da fé que iniciou-se no bairro Castelhanos, percorreu as ruas da cidade e no final, em frente a igreja de São Benedito aconteceu a benção dos veículos motorizados. Logo em seguida aconteceu a segunda Missa Sertaneja, com cânticos especiais na versão caipira.
    A parte religiosa se encerrou com a despedida da imagem de Nossa Senhora do livramento, onde devido as dificuldades de navegação causadas pela cheia do Rio Ribeira de Iguape, a subida da “barquinha” foi muito perigosa e com muito sacrifícios, exigindo grande esforço dos remeiros  e que foram auxiliados por populares que ajudaram a puxar a embarcação por corda pelo através do barranco da margem do rio.  Foi muito comovente quando a embarcação que conduzia a imagem de Nossa senhora do livramento conseguiu vencer os desafios e ancorar com segurança no local tradicional (nas escadarias do Porto de Cima perto da ponte).
     O encerramento se deu com a realização da Missa Afro em louvor a São Benedito, com partilha de comidas típicas tradicionais quilombolas e de outras etnias.
    Durante os dias de realização da festa a noite houve quermesses com vendas de salgados, bebidas e sorteios de bingo. Até um Volkswagen fusca, entrou como prêmio e vai ser sorteado pela loteria federal no mês de julho próximo futuro.
    A campanha do cofrinho para ajudar na reforma da Igreja Matriz marcou a festa, pois mais de quinhentas pessoas receberam um cofrinho para colocar as moedas e entregar ao responsáveis para o fim acima citado.
   Houve até um testemunho de fé, onde a Vanessa contou sobre as dificuldades encontradas durante a doença de sua mãe Marlene Rodrigues e a sua fé na interseção da Nossa Senhora do Livramento que a ajudou se recuperar e voltar pra casa recuperada.

OBS: CLIQUE NA FOTO PARA VISUALIZAR EM TAMANHO MAIOR..



















































































FOTOS: NILTON F. DA SILVA
FOTOS DA MISSA-AFRO: LINDOMAR CLARO
TEXTOS: PAULO SÉRGIO 
15/01/2018

Iporanga na NET... - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 
CONTATO : iporangananet@hotmail.com
Copyright 2018 © Iporanga na NET...
-------------------------
A reprodução de matérias e fotos é livre mediante a citação do link do site do Blog Iporanga na NET. Para uso de arquivos de vídeos, esses créditos deverão também mencionar link do site do Blog Iporanga na NET.
Caso contrário implicará no crime de plágio e direitos autorais por meio da Lei Federal nº 9.610/98

Comentários